Festa Santo André 2017

A comunidade de Santo André, e todos os paroquianos celebraram com alegria e muita fé a Festa do seu Padroeiro.

No dia 27 de Novembro, a comunidade participou do Primeiro dia do Tríduo, com a presença do Padre Aloísio, da Paróquia Santa Inês e do Seminarista Tony. Padre Aloísio nos lembrou que André foi um apóstolo diferenciado por esta presente em vários momentos da vida de Jesus e também porque foi um dos primeiros a ser chamado. André era discípulo de João Batista, quando ouviu Jesus e seguiu a  sua palavra. Padre Aloísio perguntou aos presentes se eles sabiam quando se encontraram com Jesus pela primeira vez, tal qual André lembrava. Falando do evangelho do dia, a viúva não depositou o que sobrava, mas depositou tudo o que tinha. Ofereceu toda a sua vida. Deus não precisa de esmola porque ele é o dono de tudo. Devemos fazer igual André e a viúva. Entregar tudo o que temos, a nossa vida, a Deus.

Dia 28 de Novembro tivemos o Segundo Dia do Tríduo com a presença do Padre Carlos Roberto Cremoneze, o qual nos lembrou que muitas vezes colocamos nossas forças em coisas passageiras, mas que devemos ter o olhar firme na luz que é Jesus, e colocar nossas forças no que realmente importa. Devemos ser evangelizados, buscar força no evangelho para mudar a nossa vida e o nosso discurso.

O terceiro dia do Tríduo de Santo André contou com a presença do Padre Wagner, da comunidade do Aglomerado da Serra, que falou sobre a importância de sermos discípulos de Jesus como fez o Apóstolo André. Devemos assumir a proposta de propagar à Boa Nova e tornarmos evangelizadores por um mundo mais cristão, principalmente na sociedade de hoje, onde algumas pessoas ainda insistem em interpretar e viver à palavra de Deus de forma inversa do que ela nos propõe. Por isso o Padre Wagner nos fez este convite, de divulgar e viver os ensinamentos de Cristo através da prática do amor, pois este sim é o único e verdadeiro sentido da vida, mesmo sabendo das dificuldades, tribulações e sofrimentos que teremos que enfrentar. Quem segue o caminho do Senhor, sabe que não é um “mar de rosas”, mas que através da experiência do evangelho e das nossas orações, alcançaremos a vitória que é à nossa própria vida, na paz de Jesus. Devemos sim, ser imitadores do Cristo, e Santo André é um modelo de fé.

E no dia 30 de Novembro, Festa de Santo André, tivemos a presença do Padre André, que perguntou aos presentes se escutamos o chamado de Jesus em nossa vida. Como Jesus chamou Pedro, André, e todos os outros, Ele também nos chama todos os dias. André largou tudo e foi atrás de Jesus, e nós muitas vezes deixamos Jesus nos esperando. Mas Jesus não se cansa de nos chamar, Ele continua nos chamando como se fosse a primeira vez. E finalizando, nos convidou a pedir a Santo André para nos ensinar a dizer “Sim” a Jesus, e mudar a nossa vida.

Após a celebração festiva, tivemos uma pequena procissão pelas ruas do Bairro Santo André, seguida pela Benção Solene.

Santo André Rogai por nós.

CLIQUE AQUI para ver as fotos

 

(Visited 47 times, 1 visits today)