LITURGIA DIÁRIA 13 de outubro, terça-feira

Dia 13 de Outubro – Terça-feira
XXVIII SEMANA DO TEMPO COMUM (Verde – Ofício do Dia)

.

Antífona de Entrada
Senhor, se levardes em conta as nossas faltas, quem poderá subsistir? Mas em vós encontra-se o perdão, Deus de Israel (129,3s).
.

Oração do dia
Ó Deus, sempre nos preceda e acompanhe a vossa graça, para que estejamos sempre atentos ao bem que devemos fazer. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
.

Leitura (Gálatas 5,1-6)
Leitura da carta de são Paulo aos Gálatas.
5 1 É para que sejamos homens livres que Cristo nos libertou. Ficai, portanto, firmes e não vos submetais outra vez ao jugo da escravidão.
2 Eis que eu, Paulo, vos declaro: se vos circuncidardes, de nada vos servirá Cristo.
3 E atesto novamente, a todo homem que se circuncidar: ele está obrigado a observar toda a lei.
4 Já estais separados de Cristo, vós que procurais a justificação pela lei. Decaístes da graça.
5 Quanto a nós, é espiritualmente, da fé, que aguardamos a justiça esperada.
6 Estar circuncidado ou incircunciso de nada vale em Cristo Jesus, mas sim a fé que opera pela caridade.
Palavra do Senhor.
.

Salmo Responsorial 118/119

Senhor, que desça sobre mim a vossa graça!

Senhor, que desça sobre mim a vossa graça
E a vossa salvação que prometestes!

Não retireis vossa verdade de meus lábios,
Pois eu confio em vossos justos julgamentos!

Cumprirei constantemente a vossa lei;
Para sempre, eternamente a cumprirei!

É amplo e agradável meu caminho,
Porque busco e pesquiso as vossas ordens.

Muito me alegro com os vossos mandamentos,
Que eu amo, amo tanto, mais que tudo!

Elevarei as minhas mãos para louvar-vos
E com prazer meditarei vossa vontade.
.

Evangelho (Lucas 11,37-41)

Aleluia, aleluia, aleluia.
A palavra do Senhor é viva e eficaz: ela julga os pensamentos e as intenções do coração (Hb 4,12).

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
Naquele tempo, 11 37 enquanto Jesus falava, pediu-lhe um fariseu que fosse jantar em sua companhia. Ele entrou e pôs-se à mesa.
38 Admirou-se o fariseu de que ele não se tivesse lavado antes de comer.
39 Disse-lhe o Senhor: “Vós, fariseus, limpais o que está por fora do vaso e do prato, mas o vosso interior está cheio de roubo e maldade!
40 Insensatos! Quem fez o exterior não fez também o conteúdo?
41 Dai antes em esmola o que possuís, e todas as coisas vos serão limpas”.
Palavra da Salvação.
.

Comentário ao Evangelho
A CARIDADE É QUE PURIFICA

A admiração do fariseu surpreso porque Jesus sentou-se à mesa para comer sem ter lavado as mãos não passou despercebido pelo Mestre. Ele conhecia muito bem a mentalidade de seu anfitrião e seu apego escrupuloso à tradição da pureza ritual. Igualmente tinha consciência da reação que sua atitude causaria. No entanto, apesar de ser hóspede, não perdeu a ocasião de denunciar a hipocrisia de quem o convidara para almoçar.
A pureza exterior do fariseu não correspondia à do seu interior. Limpo por fora, estava cheio de sujeira por dentro. A contaminação provinda dos roubos e de sua malícia era muito pior do que a eventual impureza de um copo ou prato. Grande insensatez perder tempo com coisas secundárias, olvidando o essencial!
Jesus apresentou a caridade como a melhor forma de garantir e conservar a verdadeira pureza. Quando a pessoa abre seu coração e se torna sensível para com o irmão carente, partilhando com ele seus bens, tudo se torna puro para ela. Esta é a melhor forma de eliminar o egoísmo, único fator de contaminação do coração humano. Quando o coração é puro, tudo o mais se torna puro.

A pureza, fruto da caridade, é agradável a Deus e garante a salvação. Ele julga as pessoas a partir do interior. Aí ele verifica se elas, de fato, estão puras.
.

Oração
Senhor Jesus, não me deixes cair na insensatez de buscar a pureza exterior, porque a pureza verdadeira provém do amor.

O comentário do Evangelho é feito pelo Pe. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE

(Visited 3 times, 1 visits today)