Significado Tempo Comum

Tempo Comum ocupa a maior parte do tempo litúrgico. É um período no qual celebramos, universalmente, os Mistérios de Cristo. Comemora-se o próprio Mistério de Cristo em sua plenitude, principalmente aos domingos.

É um período sem grandes acontecimentos, mas que nos mostra que Deus se faz presente nas coisas mais simples.

É um tempo de esperança acolhimento da Palavra de Deus. Este tempo é chamado de Tempo Comum, mas não tem nada de vazio. O Tempo Comum também é chamado de: “Tempo Durante o Ano”. Por isso, a cor litúrgica do Tempo Comum é o Verde.

O Tempo Comum é dividido em duas partes, onde duas ações são essências para o cristão:

  • A Escuta da Palavra: entre os tempos do Natal e da Quaresma. É um momento de esperança onde devemos anunciar o Reino de Deus;
  • Ser Sinal de Cristo no mundo: entre os tempos da Páscoa e do Advento. É o momento de o cristão colocar em prática a vivência do reino. Como o próprio Jesus disse, ser sal da terra e luz do mundo.

Não é correto dar mais evidência aos chamados “tempos fortes” do que o Tempo Comum, como se este tempo fosse um tempo fraco ou inferior. Ele é o tempo concreto da vida normal do cristão, fora das festas. É nele que percebemos a presença de Cristo na vida cotidiana e nos momentos simples da vida dos cristãos.

O Tempo Comum nos ajuda a descobrir o dia-a-dia como tempo de salvação, segundo a promessa do ressuscitado: ”Estarei com vocês todos os dias”. O Senhor se revela a nós nos acontecimentos do dia-a-dia, em nossas vivências e cansaços, na convivência, no trabalho. No interior de cada dia, damos prova de nossa fidelidade. É o esforço de buscar, no cotidiano da vida, o mistério do Senhor acontecendo entre experiências de morte e ressurreição.

A espiritualidade que encontramos no Tempo Comum está ligada ao seguimento de Jesus e o conhecimento crescente de sua vida como realização do amor de Deus desde a fundação do mundo. O assumir progressivo de seus gestos como realização sacramental da Palavra de Deus. “O Tempo “durante o ano”        é o tempo no qual a vida do Espírito é destinada ao aprofundamento, à concretização, a fim de conduzir os cristãos a uma existência madura e consciente. ”  Conforme nos ensina a oração da Igreja, quando nos reunimos por seu amor é Ele mesmo quem nos revela as Escrituras e parte o pão para seus convivas.  A cada domingo nos é revelada a vida divina que se pode notar mediante a existência terrena de Jesus narrada nos evangelhos.

O Tempo Comum é ainda tempo privilegiado para celebrar as memórias da Virgem Maria e dos Santos.

(Visited 111 times, 1 visits today)